As moscas são insetos presentes no mundo todo e causam bastante incômodo com a sua presença, além de algumas espécies serem importantes vetores mecânicos de diversas doenças, carregando em suas patas e corpo diversos microorganismos, como bactérias, vírus e fungos. Se reproduzem em sua maioria depositando ovos em matéria orgânica em decomposição e aumentam consideravelmente no calor. Algumas espécies são conhecidas por causar a miíase, também chamada de bicheira, além do berne, que se tratam de moscas em sua fase larval. As principais espécies de mosca são a Musca domestica (mosca doméstica), a Dermatobia hominis (mosca varejeira), a Drosófila sp. (mosca das frutas) e a Psychoda sp. (mosca de ralo).

 

Moscas

Principais espécies

Musca domestica

 

A Musca domestica é uma espécie não picadora. Cada fêmea coloca em média de 150 a 200 ovos por vez, sendo depositados em substâncias orgânicas, como lixo, esterco, fezes de animais, ou qualquer outro tipo de matéria orgânica em decomposição. Os ovos demoram geralmente de 8 a 24 horas para eclosão das larvas, dependendo da temperatura do ambiente. É a espécie mais comum em ambientes urbanos e tem maior atividade nas horas mais quentes do dia, sendo que a noite passa um longo período em repouso em fios, cercas, vegetações, etc. São vetores mecânicos e podem carregar microorganismos causadores de doenças em seu corpo e patas, transferindo ao homem quando pousa em alimentos. Suas larvas são as causadoras da miíase, conhecida popularmente por bicheira.

Dermatobia hominis.

 

Esta espécie de mosca é chamada de mosca varejeira. É conhecida por sua larva ser o berne, trazendo problemas para animais e pessoas. Os adultos possuem uma coloração azul ou verde metálico, bastante característico da espécie. Depositam seus ovos em matéria em decomposição como lixo, carcaça de animais mortos e até mesmo em feridas de animais e pessoas. A larva penetra na pele somente através de feridas, não sendo capaz de penetrar a pele sã. Também são transmissoras de doenças, carregando microorganismos em seu corpo.

Drosophila sp.

 

São moscas bem pequenas, chamadas de mosca das frutas e mosca da banana. São originárias da África e atualmente é encontrada em países de clima quente, sendo que em países frios aparecem somente no verão. Estão muito associadas com áreas onde possuem frutas, alimentos e resíduos adocicados, como copos com restos de café, suco, etc. É considerada uma das principais pragas das frutas, uma vez que causam a deterioração e degradação. Apesar de não transmitirem doenças, causam prejuízos econômicos para restaurantes, padarias e outras áreas de alimentos, já que provocam desconforto com clientes e causam dano ao nível da imagem e reputação, podendo acarretar em perda de clientes.
Psychoda sp.

 

A Psychoda sp. é também conhecida como moscas do ralo e moscas do filtro. São muito encontradas em banheiros e locais com presença de acúmulo de água, como sifão de pias, ralos, esgotos, etc. Possui como característica principal sua asa, em um formato que lembra o desenho de um coração. Se alimentam e se reproduzem nos fungos que criam em paredes de ralos e encanamentos. Não são transmissoras de doenças, sendo o maior problema o incômodo que causam. Retirar a tampa dos ralos, escovar as paredes do encanamento, e aplicar água com sabão em pó a 10% pode minimizar o problema. Água fervente também ajuda a eliminar ovos e larvas.

Prevenção contra moscas

 

  • Manter alimentos guardados em recipientes fechados;

  • Recolher restos de alimentos, fezes de animais e qualquer outro tipo de lixo em recipientes adequados;

  • Limpar diariamente os locais de refeição e preparo de alimentos;

  • Não vazar lixo a céu aberto;

  • Telar janelas, portas e instalar cortinas de vento;

  • Desobstruir valas que retenham resíduos orgânicos e sirvam de atrativo para a proliferação de moscas.